A Vida Secreta de Walter Mitty

Férias são uma beleza pra qualquer cinéfilo. Depois de sair satisfeito de Confissões de Adolescente (Leia a Crítica) voltei ao cinema com minha família. O nosso plano era assistir o Hobbit – A desolação de Smaug, mas imprevistos acontecem. Decidimos assistir “A Vida Secreta de Walter Mitty”.

Já estava curioso com esse filme. Os longas do Ben Stiller costumam me dar muita aflição principalmente porque tudo o que pode dar errado vai dar errado (só assistir “Entrando numa Fria”).  Em fim, já estava preparado pra isso. Más o que mais me deixou curioso é o fato do próprio Stiller ter dirigido o filme. Agora fazendo uma pesquisa, descobri que ele dirigiu “Trovão Tropical”, aquele que o Robert Downey Jr. aparece negão. Em fim, vamos ao trailer:

Só comentar que mudei de cinema dessa vez, e para a minha surpresa o ar condicionado da sala estava desligado de novo… A é, e era uma daquelas salas mais antigas, com inclinação baixa, pelo menos não interferiu na minha experiência como quando fui assistir Transformers 3. Essa história eu conto depois.

Devo dizer que achei um máximo os créditos iniciais do filme, eles se fundem ao cenário, genial. Aliás, não só os créditos como muitas outras frases chaves do filme. Aqui deixo os meus parabéns pára os efeitos especiais também, nada exagerado, tudo muito bem feito.

Vou destacar a fotografia do filme,  iluminação bem natural inclusive nas sequencias com as grandes paisagens.  As locações colaboraram para dar um toque especial a tudo. Meus parabéns também para a trilha sonora, bem dosada e acrescenta muito ao texto.

Quanto a história em si, achei muito massa. Descobri depois que foi baseada em uma história de James Thurber. O cara viajando na maionese parado no meio da rua, quem nunca? Não vou dar muito detalhes aqui, digo que é uma história de amor e acreditar em si mesmo. Ta bom assim. E o que me deixou mais feliz, nada de situações absurdas. Comédia leve, nada forçado ( dentro do contexto da história).

Sobre o elenco, palmas para todos, Kristen Wiig, e companhia limitada. Vou focar agora no Ben Stiller. Achei sensacional a interpretação dele, me surpreendeu. Ele tem a fama de ser mal ator, mas eu discordo. Tudo bem que não é lá essas coisas quando se trata de drama, mas eu gostei. E a direção também ficou boa, ou eu não  tenho credencial pra falar disso.

Em fim, diversão garantida pra todo mundo. Um drama/comédia pipoca, ou seja, divertido de assistir. Quem quiser corre que já quase saindo de cartaz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s