Doctor Who

Uma Aventura no Espaço e no Tempo

No último dia 23, a série britânica de ficção científica, “Doctor Who” completou seus 50 anos. O aniversário da série foi marcado por uma exibição simultânea global do episódio comemorativo e por uma incrível visibilidade na mídia internacional e redes sociais. Todo essa movimentação não e atoa. Doctor Who é único.

Tentarei explicar nas linhas abaixo os vários porquês de Doctor Who, e principalmente, o porquê eu assisto essa série.

Trailer do episódio de 50 anos.

Bom, vamos começar com uma breve história da série. Doctor Who foi ao ar pela primeira vez nos anos 60 como um programa infantil. A ideia era preencher uma lacuna na programação da BBC. O criador Sydney Newman queria um programa “simples o suficiente para os adultos e complicado o suficiente para as crianças”. A produtora Verity Lambert e o diretor Waris Hussein foram os responsáveis por criar o primeiro episódio que foi ao ar no dia 23 de novembro de 1963, pouco depois da morte do então presidente dos EUA John F. Kennedy. Correndo muitos riscos Verity e Waris conseguiram dar vida a esse  ambicioso projeto que veio a se tornar um grande sucesso. A serie ficou no ar até 1989 quando foi suspensa devido a baixa audiência.

Trailer do filme “An Adventure in Space and Time”

Em 1996 Doctor Who ganhou um telefilme que não fez muito sucesso. Finalmente, em 2005 a série é reformulada e volta as telas de tv, se tornando o sucesso que é hoje. A história da criação da série pode ser conferida no filme, “An Adventure in Space and Time”.

Agora vou falar da série em si, esquecer um pouco de detalhes da produção e etc….

Porquê Doctor Who:

O Doutor é um alienígena viajante do tempo. Isso mesmo, o nome dele é Doutor, pelo menos não sabemos o nome verdadeiro ainda. Ele viaja em sua nave, que tem a forma de uma cabine de polícia dos anos 60, e junto com seus companheiros, a grande maioria humanos, explora o espaço e o tempo. Eles acabam vivendo grandes aventuras, lutando contra vilões, monstros e tentando acertar o rumo da história.

Porquê 50 anos:

O Doutor tem a capacidade de se regenerar. Assim, quando está perto de morrer ele se regenera em um novo corpo ( um novo ator interpreta o doutor), com uma nova personalidade. Esse é uma das chaves para o sucesso da série e sua longevidade. Quando o doutor se regenera, a série como um todo também se regenera (tipo um reboot), apresentando novas tramas e personagens. Vale lembrar que não se sabe ao certo quantas vezes o doutor pode se regenerar.

Porquê eu assisto:

Sou fã daquelas tramas em que você vai descobrindo as coisas junto com o protagonista, o famoso Thriller. Adicione uma pitada de ficção científica (ET’s e Viagem no Tempo), um personagem principal complexado (cheio dos sofrimentos e etc) pra dar drama e companheiros ficando em perigo ( aí entra a ação) e boom! Nem precisa do elemento X.

Brincadeiras a parte, acho a complexidade da série, especialmente do doutor, fascinante. Ja tirei muitas lições de vida da série, e ela desperta uma curiosidade por saber o que vai acontecer gigante.

Porquê é contagiante

Comecei a assistir “Doctor Who” no ano de 2006, quando era exibido no canal “People and Arts”. Descobri por acaso enquanto minha mãe esperava começar “Project Runway”. E sim, eu assistia project runway com ela, acho até hj bem divertido… Quando parou de passar no brasil eu descobri o fantástico mundo do download. Baixei tudo em .rmvb (céus a qualidade era horrível). Fui assim acompanhando a série, hj aqui em casa todo mundo assiste e eu acabei influenciando alguns amigos.  Essa influência está no fato de ser uma série infinita, cheia de interpretações, o que faz com que cada fã se identifique com ela de uma maneira. Parando pra pensar isso gera diversas discussões, fora as brigas pra defender seu ponto de vista ( qual o melhor doutor, ou companheira…)  A é, não posso esquecer de mencionar um fandom sensacional e super forte, afinal, foram os fãs que fizeram a série bater o recorde de maior transmissão simultânea de tv do mundo (nem Star Trek, nem House, nem ninguém fez isso.).

Finalizando:

Terminando a análise. Sobre a qualidade da produção, bom ela acompanha o que há de mais moderno no mundo de efeitos especiais, trilha sonora etc… Quanto ao elenco, os atores Britânicos destroem… Para os fãs de Harry Potter, não difícil encontrar rostos conhecidos na série.

Termino então minha análise sobre Doctor Who. Espero que vocês gostem. E vale a pena dar uma conferida.

Algumas dicas pra quem vai começar a assistir: Comece a assistir a partir da 1ª temporada (2005), se vc não conseguir, pula pra 5ª (2010). É rapidinho, são 13 episódios em media por temporada. Depois comece a ver a série clássica ( o que eu pretendo fazer nas férias).

Informações:

Série Clássica: http://www.imdb.com/title/tt0056751/?ref_=fn_al_tt_2

Filme: http://www.imdb.com/title/tt0116118/?ref_=tt_rec_tti

Série atual: http://www.imdb.com/title/tt0436992/?ref_=fn_al_tt_1

Anúncios

Um comentário sobre “Doctor Who

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s